Miscelâneas do Eu

Expressar as ideais, registrar os pensamentos, sonhos, devaneios num pequeno e simplório blog desta escritora amadora que vos fala são as formas que encontrei para registrar a existência neste mundo.

Não cabe a mim julgar certo ou errado e sim, escrever o que sinto sobre o que me cerca.

A única coisa que não abro mão é do amor pelos seres humanos e incompreensão diante da capacidade de alguns serem cruéis com sua própria espécie.

Nana Pimentel

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Roteiro básico de um evento

ROTEIRO (BÁSICO) DE PROJETO PARA EVENTO


  1. Título: O nome do evento com a identificação numérica, tipo, abrangência espacial e assunto do evento;
  2. Memorial: síntese descritiva de todas as atividades (técnicas, sociais,culturais, científicas, turísticas etc...);
  3. Objetivos gerais: o que de mais amplo o evento deverá atingir com seu acontecimento;
  4. Objetivos específicos: o que de mais próprio, de mais particular e exclusivo o evento deverá atingir com seu acontecimento;
  5. Identificação: discriminação dos nomes do promotor (pessoa física ou empresa) e do organizador do evento. Identifica-se também o local e a data de realização;
  6. Justificativa: espaço destinado à indicação dos motivos (sociais, culturais, políticos, econômicos etc.) que demonstram a importância do evento;
  7. Público-alvo: identifica-se o perfil e o número de participantes potenciais. O perfil dos participantes deve ser analisado com base em aspectos como tema, custos e programação. O número estimado de participantes pode ser obtido por meio de análise de eventos anteriores ligados ao tema. O número estimado deve ser o da média mínima, e nunca da máxima;
  8. Conteúdo do evento: indicação do temário e programação preliminar do evento. Temário é a apresentação dos assuntos-chave que serão tratados e que funcionarão como um chamariz para o público interessado, Programação preliminar é a proposta de um cronograma, incluindo todas as atividades que serão desenvolvidas;
  9. Participações prováveis: indicação dos setores interessados na realização do evento, com patrocínios e apoios; agência de turismo oficial escolhida para executar os serviços de traslado, receptivo, hospedagem, city-tour; cia. aérea oficial do evento (transportadora);
  10. Recursos necessários: humanos (pessoal necessário ao desenvolvimento do trabalho), materiais (de escritório, equipamentos de áudio e vídeo etc.), com quantidade e qualidade (tipo de produto, modelo, referência). Informar apenas a quantidade e local de utilização dos mesmos;
  11. Plano de mídia: meios de divulgação (rádio, tv, outdoors, jornais, revistas, informativos, internet, e-foldere-mail marketinghomepage etc...);
  12. Previsão de gastosdespesas – cálculo estimado contendo todos os gastos com itens que integrarão a organização do evento. Cotar pelo valor mais alto. Receitas – oriundas de inscrições, patrocínios, permutas. Isso possibilitará confirmar a viabilidade (ou não) do evento;
  13. Cronograma financeiro: previsão de desembolso e das entradas de recursos financeiros para cumprir os compromissos (do planejamento ao pós-evento).
  14. Cronograma geral e check-list: ferramentas que possibilitam o controle rigoroso das fases de pré, trans e pós-evento. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Volte sempre!

Volte sempre!

Pesquisar este blog

Minha estante de livros!