Miscelâneas do Eu

Expressar as ideais, registrar os pensamentos, sonhos, devaneios num pequeno e simplório blog desta escritora amadora que vos fala são as formas que encontrei para registrar a existência neste mundo.

Não cabe a mim julgar certo ou errado e sim, escrever o que sinto sobre o que me cerca.

A única coisa que não abro mão é do amor pelos seres humanos e incompreensão diante da capacidade de alguns serem cruéis com sua própria espécie.

Nana Pimentel

segunda-feira, 19 de março de 2018

Onde foram parar estes momentos????

Designo de Deus ou não, sei que o sofrimento é algo inexplicável e muito doloroso.































sexta-feira, 15 de setembro de 2017

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

EM BREVE: "A PATA FORMOSA E A EXPOSIÇÃO"


AS BOLINHAS DE OURO!!!

ELAS ESTÃO CHEGANDO PARA TRANSFORMAR SUAS VIDAS!



domingo, 26 de março de 2017

MEU NEGÓCIO É LER....leituras e encontros 2017

DATAS

Marcado sempre para sábados pela manhã e na última semana destes meses. Assim poderemos organizar previamente nossas agendas.

Data do Encontro
Horário
Local
Livro
Autor
25/03/17
9 horas a ...
A definir
Em votação
?
27/05/17
9 horas a ...
A definir
Em votação
?
29/07/17
9 horas a ...
A definir
Em votação
?
30/09/17
9 horas a ...
A definir
Em votação
?
25/11/17-SARAU
Confraternização
9 horas a ...
A definir
Em votação
?

LIVROS

Está em votação todas as leituras deste ano! Por quê? Para termos tempo hábil de providenciarmos nossos resumos, resenhas, apontamentos e obviamente os livros.
PRAZO DE VOTAÇÃO DAS LEITURAS ATÉ 20/1/2017

1ª LEITURA 25/3
LITERATURA NO RS
  • Claudia Tajes – Sangue Quente
  • Tailor Diniz – Crime na Feira do Livro
  • Tailor Diniz – Mistério no Centro Histórico
  • Luiz Antônio Assis Brasil – Manhã Transfigurada
2ª LEITURA 27/5
LITERATURA NACIONAL
  • Clarice Lispector – A hora da estrela
  • Luís Fernando Veríssimo – Comédias Brasileiras de Verão
  • Paulo Coelho – A espiã

3ª LEITURA 29/7
LITERATURA PORTUGUESA NA ÁFRICA
  • José Eduardo Agualusa – A Rainha Ginga
  • Nadine Gordimer – O melhor tempo é o presente
  • Mia Couto – A confissão da leoa
4ª LEITURA 30/9
CLÁSSICOS
  • Conan Doyle – O cão dos Baskerville
  • Goethe – Os sofrimentos do jovem Werther
  • Joseph Conrad – O coração das trevas
  • Jane Austen – Orgulho e preconceito
  • George Orwell – A revolução dos bichos

5ª LEITURA 25/11 – Sarau de Confraternização
POESIAS E POEMAS
  • Carlos Drummond de Andrade – As impurezas do Branco
  • Charles Baudelaire – As Flores do Mal
  • Gregório de Matos – Poemas
  • Florbela Espanca – Poesias Vol 1 Trocando Olhares,  O livro D'Ele - Livro das Mágoas




sábado, 14 de janeiro de 2017

A espiã



A história é uma ficção romanceada por Paulo Coelho inspirada na troca de cartas entre a dançarina Mata Hari, acusada de espionagem, e seu advogado. As cartas foram escritas às vésperas de sua execução na França durante a Primeira Guerra Mundial e liberadas ao público há 30 anos.

Retirado do site da livraria Saraiva

As impurezas do branco

Publicado pela primeira vez em 1973, 'As impurezas do branco' é um livro singular na vasta e aclamada carreira do autor mineiro. O poeta se mostra permeável ao concretismo, à poesia de tonalidade menos cultivada — estamos na década que assistiria ao aparecimento da “geração mimeógrafo” —, à espacialidade da página em branco.
Atento aos acontecimentos do seu tempo, o poeta observa, com ironia e até alguma malandragem carioca, o cotidiano do Brasil e do mundo. Grandes notícias, fait divers, o verão na Cidade Maravilhosa, papel da publicidade em nossas decisões — nada escapa ao crivo crítico e debochado do poeta mineiro.

Retirado do site da livraria Saraiva

As flores do mal

Em 1857, quando Charles Baudelaire publicou “As flores do mal”, ele e sua editora foram processados por ultraje à moral pública. O autor foi obrigado a pagar uma multa e a retirar seis poemas do livro original. Apesar desse início conturbado, o livro é considerado um marco da poesia moderna, e nele estão reunidos uma série de motivos da obra de Baudelaire: a queda, a expulsão do paraíso, o amor, a morte, o tempo, o exílio e o tédio.


Retirado do site da livraria Saraiva

Poemas de Gregório de Matos

“Poemas” reúne a variedade poética de Gregório de Matos, o Boca do Inferno. Esta compilação contém os poemas satíricos, amorosos, religiosos do poeta mais famoso do Barroco brasileiro. O resgate de sua poesia é essencial para compreendermos a concepção do fazer poético do século XVII, bem como a visão de mundo de um homem que foi além de seu tempo.

Retirado do site da livraria Saraiva

Poesias de Florbela Espanca

Florbela Espanca (1894-1930) tem sido considerada, com muita justiça, a figura feminina mais importante da literatura portuguesa em todos os tempos. Sua poesia, mais significativa que seus contos e produto de uma sensibilidade exacerbada por fortes impulsos eróticos, corresponde a um verdadeiro e ousado diário íntimo, cuja temperatura de confidência só encontra semelhança nas ´Cartas Portuguesas´ de Mariana Alcoforado. Esta coleção de dois volumes incluem todos os livros publicados por Florbela e quase a totalidade da sua obra poética.





Retirado do site da livraria Saraiva

Volte sempre!

Volte sempre!

Pesquisar este blog

Minha estante de livros!