Miscelâneas do Eu

Expressar as ideais, registrar os pensamentos, sonhos, devaneios num pequeno e simplório blog desta escritora amadora que vos fala são as formas que encontrei para registrar a existência neste mundo.

Não cabe a mim julgar certo ou errado e sim, escrever o que sinto sobre o que me cerca.

A única coisa que não abro mão é do amor pelos seres humanos e incompreensão diante da capacidade de alguns serem cruéis com sua própria espécie.

Nana Pimentel

domingo, 26 de março de 2017

leituras e encontros 2017

DATAS

Marcado sempre para sábados pela manhã e na última semana destes meses. Assim poderemos organizar previamente nossas agendas.

Data do Encontro
Horário
Local
Livro
Autor
25/03/17
9 horas a ...
A definir
Em votação
?
27/05/17
9 horas a ...
A definir
Em votação
?
29/07/17
9 horas a ...
A definir
Em votação
?
30/09/17
9 horas a ...
A definir
Em votação
?
25/11/17-SARAU
Confraternização
9 horas a ...
A definir
Em votação
?

LIVROS

Está em votação todas as leituras deste ano! Por quê? Para termos tempo hábil de providenciarmos nossos resumos, resenhas, apontamentos e obviamente os livros.
PRAZO DE VOTAÇÃO DAS LEITURAS ATÉ 20/1/2017

1ª LEITURA 25/3
LITERATURA NO RS
  • Claudia Tajes – Sangue Quente
  • Tailor Diniz – Crime na Feira do Livro
  • Tailor Diniz – Mistério no Centro Histórico
  • Luiz Antônio Assis Brasil – Manhã Transfigurada
2ª LEITURA 27/5
LITERATURA NACIONAL
  • Clarice Lispector – A hora da estrela
  • Luís Fernando Veríssimo – Comédias Brasileiras de Verão
  • Paulo Coelho – A espiã

3ª LEITURA 29/7
LITERATURA PORTUGUESA NA ÁFRICA
  • José Eduardo Agualusa – A Rainha Ginga
  • Nadine Gordimer – O melhor tempo é o presente
  • Mia Couto – A confissão da leoa
4ª LEITURA 30/9
CLÁSSICOS
  • Conan Doyle – O cão dos Baskerville
  • Goethe – Os sofrimentos do jovem Werther
  • Joseph Conrad – O coração das trevas
  • Jane Austen – Orgulho e preconceito
  • George Orwell – A revolução dos bichos

5ª LEITURA 25/11 – Sarau de Confraternização
POESIAS E POEMAS
  • Carlos Drummond de Andrade – As impurezas do Branco
  • Charles Baudelaire – As Flores do Mal
  • Gregório de Matos – Poemas
  • Florbela Espanca – Poesias Vol 1 Trocando Olhares,  O livro D'Ele - Livro das Mágoas




sábado, 14 de janeiro de 2017

A espiã



A história é uma ficção romanceada por Paulo Coelho inspirada na troca de cartas entre a dançarina Mata Hari, acusada de espionagem, e seu advogado. As cartas foram escritas às vésperas de sua execução na França durante a Primeira Guerra Mundial e liberadas ao público há 30 anos.

Retirado do site da livraria Saraiva

As impurezas do branco

Publicado pela primeira vez em 1973, 'As impurezas do branco' é um livro singular na vasta e aclamada carreira do autor mineiro. O poeta se mostra permeável ao concretismo, à poesia de tonalidade menos cultivada — estamos na década que assistiria ao aparecimento da “geração mimeógrafo” —, à espacialidade da página em branco.
Atento aos acontecimentos do seu tempo, o poeta observa, com ironia e até alguma malandragem carioca, o cotidiano do Brasil e do mundo. Grandes notícias, fait divers, o verão na Cidade Maravilhosa, papel da publicidade em nossas decisões — nada escapa ao crivo crítico e debochado do poeta mineiro.

Retirado do site da livraria Saraiva

As flores do mal

Em 1857, quando Charles Baudelaire publicou “As flores do mal”, ele e sua editora foram processados por ultraje à moral pública. O autor foi obrigado a pagar uma multa e a retirar seis poemas do livro original. Apesar desse início conturbado, o livro é considerado um marco da poesia moderna, e nele estão reunidos uma série de motivos da obra de Baudelaire: a queda, a expulsão do paraíso, o amor, a morte, o tempo, o exílio e o tédio.


Retirado do site da livraria Saraiva

Poemas de Gregório de Matos

“Poemas” reúne a variedade poética de Gregório de Matos, o Boca do Inferno. Esta compilação contém os poemas satíricos, amorosos, religiosos do poeta mais famoso do Barroco brasileiro. O resgate de sua poesia é essencial para compreendermos a concepção do fazer poético do século XVII, bem como a visão de mundo de um homem que foi além de seu tempo.

Retirado do site da livraria Saraiva

Poesias de Florbela Espanca

Florbela Espanca (1894-1930) tem sido considerada, com muita justiça, a figura feminina mais importante da literatura portuguesa em todos os tempos. Sua poesia, mais significativa que seus contos e produto de uma sensibilidade exacerbada por fortes impulsos eróticos, corresponde a um verdadeiro e ousado diário íntimo, cuja temperatura de confidência só encontra semelhança nas ´Cartas Portuguesas´ de Mariana Alcoforado. Esta coleção de dois volumes incluem todos os livros publicados por Florbela e quase a totalidade da sua obra poética.





Retirado do site da livraria Saraiva

O Cão dos Baskerville

Em 'O Cão dos Baskerville', Sherlock Holmes e o dr. Watson investigam a morte de sir Charles Baskerville, numa história eletrizante que se tornou um clássico da literatura policial.
Em meados do século XVII, um lendário cão do inferno matou Hugo Baskerville na charneca da propriedade familiar, em Dartmoor, e nunca mais parou de assombrar a família. Séculos depois, quando sir Charles Baskerville morre em circunstâncias misteriosas, seu herdeiro, sir Henry, recebe uma ameaçadora carta anônima.
Alarmado, Henry Baskerville aciona Sherlock Holmes. O detetive encarrega seu assistente, o dr. Watson, de acompanhar sir Henry enquanto se instala em segredo num povoado próximo para descobrir quem teria interesse em eliminar o último dos Baskerville e, assim, apoderar-se de sua herança. Com seus infalíveis métodos de dedução, Sherlock Holmes tenta evitar que o assassino de sir Charles faça mais uma vítima na família.

Publicado em 1902, O cão dos Baskerville é uma das aventuras mais populares de Sherlock Holmes. Esta edição ilustrada do clássico de Arthur Conan Doyle (1859-1930) traz uma versão abreviada do texto original, adaptando-o para o público infanto-juvenil. Além de informações sobre a época em que transcorre a história e sobre o autor, enriquecem a narrativa reproduções artísticas e as ilustrações de Mark Oldroyd

Retirado do site da livraria Saraiva.

Os sofrimentos do jovem Werther

A literatura alemã divide-se em antes e depois de Os sofrimentos do jovem Werther, que chega às livrarias brasileiras nesta nova e brilhante tradução de Marcelo Backes.

Ao escrever Werther, em 1774, Johann Wolfgang Goethe alcançava sua primeira obra de sucesso e, de quebra, dava início à prosa moderna na Alemanha.

Werther não é, simplesmente, um romance em cartas assim como Nova Heloísa de Rousseau ou Pamela de Richardson. Esta que é uma das mais célebres obras de Goethe é o romance de uma alma, uma história interior. Dilacerante, arrebatada é a história de uma paixão literalmente devastadora. Com enorme repercussão quando do seu lançamento, Werther foi um testemunho de como a literatura tinha poder de agir na sociedade. Não foram poucos os suicídios atribuídos ao romance.


Johann Wolfang von Goethe nasceu em Frankfurt em 1749 e morreu em Weimar em 1832. Poeta, romancista, dramaturgo, crítico, estadista, tornou-se um dos maiores vultos do pensamento alemão, tendo influenciado várias gerações. Em 1775, a convite do Duque Carlos Augusto, foi administrador de Weimar, onde destacou-se brilhantemente como financista e estadista. Deixou vasta obra, onde se destacam, entre outras, Werther, Ifigênia, Elegias romanas (poesia), Fausto, Teoria das cores, Viagem à Itália, Poesia e Verdade.




Retirado do site da livraria Saraiva

O Coração das Trevas

'O Coração das Trevas' (1902) é considerada uma de suas obras-primas. Nesta magistral novela a África é evocada por analogia com o mundo interior da pessoa; nela o autor narra o drama da destruição moral de um europeu perdido entre os selvagens do Congo.Com o nome de Apocalypse Now, em 1975 a obra foi filmada por Francis Coppola. Marlon Brando desempenhou o papel de Kurtz - o principal personagem do livro.



Autor Joseph Conrad


Retirado do site da livraria Saraiva

Orgulho e Preconceito

'Orgulho e Preconceito' apresenta o romance de Elizabeth Bennet, segunda mais velha dentre cinco filhas solteiras de uma família inglesa sem muitas posses, e Fitzwillam Darcy, um rico esnobe que a conhece em um baile e, diferente dos mocinhos clássicos, não fica imediatamente encantado por ela. A busca das jovens mulheres por um bom casamento na sociedade inglesa rural do século XIX é o mote do romance e também o principal alvo da crítica da escritora.



Autora Jane Austen








Retirado do site da livraria Saraiva

Volte sempre!

Volte sempre!

Pesquisar este blog

Minha estante de livros!