Miscelâneas do Eu

Expressar as ideais, registrar os pensamentos, sonhos, devaneios num pequeno e simplório blog desta escritora amadora que vos fala são as formas que encontrei para registrar a existência neste mundo.

Não cabe a mim julgar certo ou errado e sim, escrever o que sinto sobre o que me cerca.

A única coisa que não abro mão é do amor pelos seres humanos e incompreensão diante da capacidade de alguns serem cruéis com sua própria espécie.

Nana Pimentel

terça-feira, 3 de novembro de 2009

As propagandas inesquecíveis e algumas músicas do “meu tempo”

Falando nas propagandas da minha época de menina, eu lembro de algumas e situações que as envolvem.

A música da propaganda das Duchas Corona:

Apanho o sabonete,
Pego uma canção,
E vou cantando sorridente,
Duchas Corona,
Um banho de alegria,
Um mundo de água quente !!!
lembro que mudamos a letra e cantávamos mas agora não lembro como era.



Tinha a propaganda da Rexona: "Com Rexona sempre cabe mais um ! "

Do Denorex: … Caspa, eu ??? (Denorex, que parece remédio, mas não é !)


Xampu Colorama: "Você se lembra da minha voz ? Continua a mesma, mas os meus cabelos... , quanta diferença !"


Das vitaminas para crianças tais como: Biotônico Fontoura


Nas propagandas, a propaganda do cotonete era bem legal. Ele era azul do Cotonete Johnsons que ficava se enxugando e dançando !
Cotonetes Johnson & Johnson - "Banheira"- 1978


E dos Calçados Ortopé com o Ferrugem, um menino ruivinho, com uma música assim:
"Ortopé, Ortopé, tão bonitinho ,
Use Ortopé pra proteger o seu pezinho,
Tênis e botinhas,
sandálias, sapatinhos,
Ortopé, Ortopé, tão bonitinho !"

Tinha também a propaganda das Casas Pernambucanas. Essa eu não esqueci da música que era assim:
Toc, toc, toc;
Quem Bate ? - É o Friooooo....
Não adianta bater, eu não deixo você entrar,
As Casas Pernambucanas,
É que vão aquecer o meu lar !
Vou comprar flanelas;
Lãs e cobertores eu vou comprar;
Nas Casas Pernambucanas;
e não vou sentir o inverno passar !



Outras músicas bem divertida eram dos programas Plunct Plact Zummmm,





Balão Mágico,



e a Arca de Noé


e do grupo Menudo cantando Não se reprima...Essas músicas eu e minhas primas decorávamos, ensaiávamos e apresentávamos pra vó Eva e pro meu falecido vô Antenor. Com paciência eles assistiam até o fim a apresentação.


O Eduardo Dusek cantando Troque seu cachorro por uma criança pobre...


era muito bom; e cantávamos bastante assim como A Menina Veneno do Ritchie,


RPM;



e as músicas da Blitz que não cansávamos de ouvir e cantar "Voce não soube me amar.."


E, claro a dos meus discos das Patotinhas. Elas dançavam de patins e cantavam. E, eu obviamente, imitava cada gesto.

Gengibira, é uma soda caseira de gengibre.

Quarta-feira, 15 de Abril de 2009
Spritzbier


- refrigerante caseiro alemão


*** depois de pronta a bebida tem de ser mantida fria!




ingredientes:

- 1,5 kg de açúcar cristal

- 10 litros de água filtrada, ou mineral

- 100 g de raiz de gengibre fresco

- 1 c.s. de Quilaya

- 1 c.c. de fermento biológico seco





Material

- Garrafas com tampa rosca (de preferência de vidro)

- Uma panela grande,com tampa.

- Coador

- Funil

- Copo medidor





Na panela, junte 3 litros de água, a quiláia, o gengibre cortado em rodelas.

Deixe ferver e cozinhe em fogo baixo por cerca de 1 hora e meia.

Desligue e adicione o açúcar, mexendo bem.

Espere o líquido amornar e junte o fermento.

Cubra com uma toalha e deixar descansar por 48 horas (ou até 72 horas, em clima mais frio).

Coe e adicione o restante da água, até completar os 10 litros.

Engarrafe a bebida (não encher totalmente, deixar uns três dedos vazio) e deixe fora da geladeira por cerca de 48 horas (ou mais tempo, se a temperatura ambiente for baixa).

Para testar se a bebida está pronta abra uma garrafa e observe se está espumante.

Levar à geladeira.

Volte sempre!

Volte sempre!

Pesquisar este blog

Minha estante de livros!