Miscelâneas do Eu

Expressar as ideais, registrar os pensamentos, sonhos, devaneios num pequeno e simplório blog desta escritora amadora que vos fala são as formas que encontrei para registrar a existência neste mundo.

Não cabe a mim julgar certo ou errado e sim, escrever o que sinto sobre o que me cerca.

A única coisa que não abro mão é do amor pelos seres humanos e incompreensão diante da capacidade de alguns serem cruéis com sua própria espécie.

Nana Pimentel

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Curso de velas

VELAS DECORATIVAS
Passo-a-passo e dicas

PARAFINA: Produto indicado para luminárias e velas onde se deseja mais transparência. Em combinação com outros elementos, melhora a textura e a qualidade final. Pode ser derretida quantas vezes for necessário, deve ser manuseada com todo cuidado devido sua alta temperatura, sempre em fogo baixo, indireto, seja através de placa ou banho-maria.

ESTEARINA: É uma gordura que entra na composição facilitador desmoldante e diluente do corante. Fixa a essência e dá mais flexibilidade a parafina. Usar na proporção de 5%.


CERA-MICRO
: É um elemento nobre na mistura, tem a aparência igual a parafina mas é mais dura. Misturada à parafina numa proporção de 10% para 1 kg, serve para tirar imperfeições, dar brilho, rigidez e ajuda a soltar a vela da forma.

PARAFINA PLUS: É uma composição dos três elementos acima descritos, facilitando a confecção das velas (1 kg parafina + 50gr estearina+ 100gr cera-micro).


PAVIOS:
Pode ser barbante comum, 100% algodão, parafinado, com ou sem fio de cobre. A espessura do pavio varia de acordo com a largura da vela.

CORANTES: Devem ser sempre a base de óleo. Apresentam-se em forma de pó granulado ou líquido. Podemos também usar os lápis giz de cera mergulhando-os na parafina quente.
Para testar a cor podemos pingar gotas em vasilha com água, para esfriar rapidamente.

ESSÊNCIAS: Devem ser oleosas e acrescida à parafina já derretida, entre 75º e 85º, após retirada do fogo, pois no fogo a essência evapora. A cada quilo de parafina coloca-se no máximo 15ml de essência, acima disto ficará com bolhas.

FORMAS: Podem ser de alumínio galvanizado, alumínio, silicone ou gesso (difíceis de serem encontradas atualmente). Devem ser untadas com vaselina, com exceção das de silicone e gesso. As formas de gesso deverão ficar de molho em água limpa, variando o tempo de acordo com o tamanho do molde. Moldes pequenos +ou- 30 minutos, moldes maiores por mais 10 minutos e ir testando, a fim de não rachar os moldes, devido às altas temperaturas da parafina.

MATERIAL BÁSICO NECESSÁRIO PARA TRABALHAR COM VELAS
- Parafina
- Estearina
- Cera-Micro
- ou Parafina Plus (soma dos três primeiros itens)
- Essência a base de óleo
- Corante a base de óleo, em pó granulado ou líquido
- Pavio de cobre ou 100% algodão
- Termômetro
- Palitos de churrasco
- Elementos (canela, macela, erva-doce, pétalas de flores) desidratados
- Maçarico
- Ferro elétrico sem vapor
- Tesoura
- Vaselina liquida
- Massa de calafetar (para algumas formas)
- Escova de aço
- Formas de alumínio, galvanizado, silicone ou gesso
- Recipientes: panelas para derreter a parafina, em placas ou banho-maria.
- Colher de pau
- Luvas de amianto, avental grosso
- Jornal ou papel para forrar mesas.


TEMPERATURA:
A temperatura ideal para se fazer uma vela é de 82 a 85º, mas como usamos vários tipos de formas e técnicas, este valor pode variar.

QUADRADINHOS COLORIDOS DE PARAFINA: Untar uma assadeira com vaselina líquida, despejar a parafina colorida (cerca de 1 cm de espessura). Logo que a parafina ficar no ponto de massa, cortá-la com uma faca, estilete ou cortador de pizza, em pequenos quadradinhos ou formas diversas e guarde-os em um recipiente para montagem de vela mosaico. Espere esfriar e reserve. Não precisa ter essência.

BANHO DE BRILHO COLORIDO: Caso desejemos dar charme e colorido a formas especiais de velas, tipo cones, bolas, pirâmides previamente prontas com essência se desejar, devemos mergulhá-las rapidamente em CERA MICRO derretida e quente (=ou- 85º), com o corante e essência escolhidos, segurando pelo pavio. É necessário de 2 a 3 banhos na vela até que fique uniforme, dando intervalo o tempo necessário para esfriamento da camada da CERA MICRO, mantendo a vela suspensa a fim de não marcar sua base.A vela com o banho da CERA MICRO terá uma chama que queimará mais lenta e sua cor brilhante é mais firme.

VELA PILOTO
Ingredientes: Parafina Plus, molde, pavio parafinado, corante se desejar uma vela colorida.
Preparo: Primeiro passo é ter o pavio pronto para colocar na vela. Caso tenhamos o barbante não parafinado, devemos medir o tamanho da forma que vamos utilizar e cortá-lo com uns 2cm a mais e mergulhar o fio na parafina quente. Repetir a ação, esticar o pavio e deixá-lo esfriar em superfície lisa.
Para a vela vamos derramar lentamente a parafina derretida e quente no molde untado. Aguardar esfriamento até ponto de massa, furar o centro com uma agulha ou palito e inserir o pavio no centro da parafina. Se necessário fixá-lo para manter no centro, usar palitos como pinça. Esperar esfriar totalmente para desenformar. Manter por algum tempo em papel absorvente para secar possíveis resíduos da vaselina. Reserve. Será usada como base para confecção de diversas velas decorativas. Não precisam ter essência.



VELA LUMINÁRIA
Ingredientes: Parafina Plus, molde grande desejado já untado, essência e corante escolhidos.
Preparo: Derreter a parafina como na vela piloto. Derramar no molde untado com vaselina líquida, preenchendo-o até o fim ou até a altura desejada. Quando a parafina atingir o ponto de massa (clareamento da superfície +ou- de 1 a 2cm, pois ela esfria de fora para dentro) cortar o centro e retirar a cera ainda quente e líquida que ficou no molde, deixando apenas as laterais. Se necessário moldar os lados, faça-o com auxílio do maçarico. Esperar esfriar completamente para desenformar. Usar o ferro elétrico para consertar falhas nos lados ou na base. Em seguida passar a escova de aço para texturizar. Limpar com pincel.


VELA COM ELEMENTOS

Ingredientes: Vela piloto, Parafina Plus, essência, molde untado, elemento escolhido (cravo, canela, limão, laranja, grãos, folhas, flores, conchas, etc. desidratados).
Preparo: Untar bem o molde. Centralizar a vela piloto e dispor os elementos ao redor com auxílio de palito. A essência pode ser colocada junto ao pavio. Derreter a parafina e derramar lentamente sobre os elementos. Esperar esfriar e verificar se deu depressão, caso sim, completar com parafina quente 85º, esperar esfriar de novo e retirar da forma. Caso queira que os elementos fiquem em relevo desgastar por fora com o maçarico, ou ferro de passar, ou mergulhar em parafina bem quente para derreter o quanto desejamos.




VELA MOSAICO

Ingredientes: Parafina Plus, Molde untado, pavio parafinado, quadradinhos de parafina colorida, essência.
Preparo: Organizar no molde untado os quadradinhos de parafina, mantendo um palito ao centro reservando o espaço necessário para colocar o pavio. Colocar a essência. Despejar a parafina derretida no molde. Quando esfriar ao ponto de massa introduzir o pavio. Esperar esfriar completamente, desenformar e dar o acabamento com ferro elétrico, se necessário.



VELA FLOCADA
Ingredientes: Parafina Plus, Molde untado, pavio parafinado, corante e essência.
Preparo: Derreter a parafina. Acrescentar o corante na intensidade desejada. Esperar esfriar um pouco e acrescenta a essência ainda na panela. Ir mexendo sempre, batendo com uma colher de pau ou similar a fim de conseguir um efeito de flocos, que acontecerá com a cera ainda temperada. Dispor no molde, colherada por colherada, pressionando levemente para criar a unidade, mas sem apertar muito para não perder o efeito de furinhos que dão um grande charme a esta vela. Podemos alternar cores, pois dará efeito marmorizado. Colocar o pavio. Aguardar resfriar por completo e desenformar.



DICAS IMPORTANTES

- Nunca dissolva a parafina diretamente no fogo, este material é altamente inflamável. Recomenda-se proteger o fogão com papel alumínio; por mais que se cuide sempre cai um pouco de cera onde não deveria. Usar sempre uma placa no fogo ou banho-maria;
- Usar avental grosso e luvas de amianto;
- Não trabalhar jamais, com CRIANÇAS OU ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO por perto do fogão. É bom priorizar as bocas da parte de trás do fogão, para maior segurança;
- Caso a parafina faça fumaça apague o fogo e não toque na panela. Espere esfriar;
- Se soltar chamas abafe tampando o recipiente – ter sempre uma tampa compatível por perto para esta eventualidade;
- Nunca jogar parafina derretida na pia, pois evitará entupimentos;
- Toda parafina que a gente derramar fora do lugar esperado pode ser reaproveitada em próximo derretimento, a perda deste produto é muito pequena. Se não está ao nosso gosto o resultado final, é só derreter tudo de novo.
- Existem artesões que não perfumam a vela na confecção; preferem aplicar a essência com conta-gotas próximo ao pavio na vela pronta que, ao ser acesa, formará uma “poça” de parafina ao redor do pavio, espalhando assim o perfume.


Fonte: http://www.paraffine.com.br/Passo/vela/pap_vela.asp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Volte sempre!

Volte sempre!

Pesquisar este blog

Minha estante de livros!