Miscelâneas do Eu

Expressar as ideais, registrar os pensamentos, sonhos, devaneios num pequeno e simplório blog desta escritora amadora que vos fala são as formas que encontrei para registrar a existência neste mundo.

Não cabe a mim julgar certo ou errado e sim, escrever o que sinto sobre o que me cerca.

A única coisa que não abro mão é do amor pelos seres humanos e incompreensão diante da capacidade de alguns serem cruéis com sua própria espécie.

Nana Pimentel

domingo, 6 de fevereiro de 2011

HAIR -AQUARIUS

Essa época de transformação das posturas sociais foram marcadas por uma geração que procurava a liberdade de escolhas sem questionamentos. Sem travas e muitas vezes sem limites. No caos construiu a paz.

Sem a pretensão de julgamentos de certo ou errado, apenas digo, existiu.

Anos passaram-se até que eu tive oportunidade com meus tios no início de minha adolescência, assistir de forma fictícia, em um filme HAIR, essa parte da história.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Volte sempre!

Volte sempre!

Pesquisar este blog

Minha estante de livros!