Miscelâneas do Eu

Expressar as ideais, registrar os pensamentos, sonhos, devaneios num pequeno e simplório blog desta escritora amadora que vos fala são as formas que encontrei para registrar a existência neste mundo.

Não cabe a mim julgar certo ou errado e sim, escrever o que sinto sobre o que me cerca.

A única coisa que não abro mão é do amor pelos seres humanos e incompreensão diante da capacidade de alguns serem cruéis com sua própria espécie.

Nana Pimentel

sábado, 14 de janeiro de 2017

As flores do mal

Em 1857, quando Charles Baudelaire publicou “As flores do mal”, ele e sua editora foram processados por ultraje à moral pública. O autor foi obrigado a pagar uma multa e a retirar seis poemas do livro original. Apesar desse início conturbado, o livro é considerado um marco da poesia moderna, e nele estão reunidos uma série de motivos da obra de Baudelaire: a queda, a expulsão do paraíso, o amor, a morte, o tempo, o exílio e o tédio.


Retirado do site da livraria Saraiva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Volte sempre!

Volte sempre!

Pesquisar este blog

Minha estante de livros!