Miscelâneas do Eu

Expressar as ideais, registrar os pensamentos, sonhos, devaneios num pequeno e simplório blog desta escritora amadora que vos fala são as formas que encontrei para registrar a existência neste mundo.

Não cabe a mim julgar certo ou errado e sim, escrever o que sinto sobre o que me cerca.

A única coisa que não abro mão é do amor pelos seres humanos e incompreensão diante da capacidade de alguns serem cruéis com sua própria espécie.

Nana Pimentel

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Branca de Neve



Stefani ,Samanta ,Ester.

Depois do meu pai ter morrido, minha madrasta tomou conta de mim. Ela não gostava de mim e a única coisa que ela sabia fazer era perguntar para seu espelho mágico se ela era a mais bela.
Um dia ele respondeu que ela não era a mais bela que eu. Ela ficou tao brava e preparou maças envenenadas para eu comer. Antes ainda, teve a cara de pau de pedir a um caçador que pega-se o meu coração e leva-se para ela.
Ele ficou com dó pediu para que eu fugi-se. E. deu para minha madrasta o coração de um veado dizendo que era o meu.
Mas o espelho continuou dizendo que eu era a mais bela.
Acabei me perdendo na floresta. Apavorada, não estava acreditando naquilo. Até que vi uma pequena casa onde moravam 7 anões. Tudo era pequeno acabei deitando numa pequena cama que havia lá.
Quando eles chegaram levaram um grande susto. Acharam que eu era alguém mal, mas depois ficou tudo bem.
Fiquei por ali a convite deles. E, um da, estava passeando quando encontrei uma velhinha que me ofereceu uma maça não aceitei mas ela insistiu então mordi a maça e desmaiei.
Depois fiquei sabendo que só poderia acordar com o beijo de um verdadeiro amor.
Os anões ficarão tristes. E, um lindo príncipe que passava por ali, me beijou, acordei naquele instante, me apaixonei. Casamos e vivemos felizes até o divórcio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Volte sempre!

Volte sempre!

Pesquisar este blog

Minha estante de livros!