Miscelâneas do Eu

Expressar as ideais, registrar os pensamentos, sonhos, devaneios num pequeno e simplório blog desta escritora amadora que vos fala são as formas que encontrei para registrar a existência neste mundo.

Não cabe a mim julgar certo ou errado e sim, escrever o que sinto sobre o que me cerca.

A única coisa que não abro mão é do amor pelos seres humanos e incompreensão diante da capacidade de alguns serem cruéis com sua própria espécie.

Nana Pimentel

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Como fazer uma fonte



Décio Navarro, diretor de arte e autor da idéia, na revista Casa Caludia da o passo a passo.

Você precisa de:
• pedaços de bambu
um vaso de barro, com 30 cm de diâmetro e 10 cm de profundidade
As peças são impermeabilizadas:
•o bambu com seladora
• o recipiente com tinta
• A bomba que movimenta a água é igual àquelas dos aquários e fica conectada ao bambu
• por uma mangueirinha de nível (à venda em lojas de material de construção).

Com isso você também desfruta do prazer de fazer.

A Pintura
Impermeabilize a parte interna do vaso com duas demãos de tinta asfáltica. Depois, aplique esmalte sintético preto fosco. Entre uma demão e outra, deixe secar por seis horas.
 O Bambu
Com um arco de serra, corte dois pedaços de bambu fino maiores que a borda do vaso. Para a bica, um bambu mais grosso com a ponta em diagonal. No acabamento, lixa nº 120 para madeira. O bambu é da Bonsai.
 Amarração
Fios de junco (Nativa) unem os pedaços de bambu. O material torna-se mais flexível se ficar de molho na água. Prenda a ponta do fio entre os bambus e trance. Corte a sobra e prenda a ponta embaixo do próprio trançado.
 Instalação
O bambu tem nós e isso impede que a água saia pela parte de trás. Veja: o furo por onde a bomba é conectada fica depois do nó. A mangueira plástica faz a junção das duas partes
 Circuito

 
Fonte: Casa Cláudia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Volte sempre!

Volte sempre!

Pesquisar este blog

Minha estante de livros!