Miscelâneas do Eu

Expressar as ideais, registrar os pensamentos, sonhos, devaneios num pequeno e simplório blog desta escritora amadora que vos fala são as formas que encontrei para registrar a existência neste mundo.

Não cabe a mim julgar certo ou errado e sim, escrever o que sinto sobre o que me cerca.

A única coisa que não abro mão é do amor pelos seres humanos e incompreensão diante da capacidade de alguns serem cruéis com sua própria espécie.

Nana Pimentel

domingo, 9 de novembro de 2014

Adaptação do texto: Casamentos mistos

Wagner


Num certo dia, um grupo de colonos católicos e evangélicos reunidos na frente do armazém começaram a prosear.
- Você lembra das guerras religiosas que duraram décadas no velho mundo?
- Lembro sim. Após a guerra, o povo alemão se dividiu em etnia e igreja. Mas viviam todos no mesmo país.
- Sabe, compadre, meu pai falava que em algumas vilas e cidades haviam regras de convivência muito particulares.
- É verdade. A maioria dos evangélicos emprestaram o templo para os católicos também.
- No entanto, não quer dizer que eram religiões iguais. Isso não são. Tanto que demorou muito tempo para os evangélicos terem reconhecimento de seus casamentos.
- Bah, compadre a prosa tá boa mas temos que ir. Até depois do missa. Ops. Do culto.

- Inté!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Volte sempre!

Volte sempre!

Pesquisar este blog

Minha estante de livros!