Miscelâneas do Eu

Expressar as ideais, registrar os pensamentos, sonhos, devaneios num pequeno e simplório blog desta escritora amadora que vos fala são as formas que encontrei para registrar a existência neste mundo.

Não cabe a mim julgar certo ou errado e sim, escrever o que sinto sobre o que me cerca.

A única coisa que não abro mão é do amor pelos seres humanos e incompreensão diante da capacidade de alguns serem cruéis com sua própria espécie.

Nana Pimentel

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Poesia

Poesiaé um gênero literário caracterizado pela composição em versos estruturados de forma harmoniosa. É uma manifestação de beleza e estética retratada pelo poeta em forma de palavras.
No sentido figurado, poesia é tudo aquilo que comove, que sensibiliza e desperta sentimentos. É qualquer forma de arte que inspira e encanta, que é sublime e bela.
Existem determinados elementos formais que caracterizam um texto poético - como por exemplo, o ritmo, os versos e as estrofes - e que definem a métrica de uma poesia.
A métrica de um poema consiste na utilização de recursos literários específicos que distinguem o estilo de um poeta.
Os versos livres não seguem nenhuma métrica. O autor tem liberdade para definir o seu próprio ritmo e criar as suas próprias normas. Esse tipo de poesia é também designada por poesia moderna, na qual se destacam elementos do modernismo.
A poesia em prosa também dá autonomia ao autor para compor um texto poético não constituído por versos (desde que haja harmonia, ritmo e a componente emotiva inspirada pela poesia).
Ao longo dos séculos, a poesia tem sido usada como forma de expressar os mais variados sentimentos, como o amor, amizade, tristeza, saudade, etc. Alguns dos poetas mais famosos da língua portuguesa são: Fernando Pessoa, Carlos Drummond de Andrade, Luís de Camões, Vinicius de Moraes, etc.
Versosignifica em Latim “versus, a, um” que significa “voltado, virado”. A palavra “verso” designa o lado contrário, a página oposta à da frente ou a face interior das folhas das plantas.
Em um poema, o verso corresponde a cada uma das linhas que o constituem. É o elemento que define a poesia, por oposição à prosa. Um conjunto de versos com sentido completo chama-se “estrofe”.
Os versos dão ritmo, melodia e métrica a uma poesia. Eles podem ser medidos através de técnicas de metrificação e classificados quanto ao número de sílabas métricas (ou sílabas poéticas). As sílabas métricas são diferentes das sílabas gramaticais.
Em português, a tonicidade das palavras determina o número de sílabas métricas. A contagem dos sons dos versos vai até a última sílaba tônica de cada verso. Exemplo de versos de 7 sílabas (heptassílabo ou Redondilha maior):
Na/que/la/ nu/vem/ na/que/la
Man/do/-te/ meu/ pen/sa/men/to
Que/ Deu/s se o/cu/pe/ do/ ven/to
(Poema do Amor Perfeito - Cecília Meireles)
Os versos tradicionais (regulares) podem variar entre 1 a 12 ou mais sílabas métricas, obtendo a classificação seguinte: monossílabo (uma sílaba), dissílabo (duas sílabas), ..., dodecassílabo (12 sílabas, também chamados de Versos Alexandrinos).
Os versos com mais de 12 sílabas são designados "Versos Bárbaros".
Versos livres (irregulares) são aqueles que não possuem o mesmo número de sílabas no poema, que não seguem uma restrição métrica.

Agora, faça NO CADERNO uma poesia com 10 versos, ou seja, 10 linhas. Deve ter 3 estrofes: 1ª estrofe de 3 linhas, 2ª estrofe 4 linhas e 3ª estrofe 3 linhas.
A primeira linha precisa rimar com a terceira linha nas 1ª e 3ª estrofe.
A segunda e a quarta linha devem rimar na 2ª estrofe.

ALGUMAS RIMAS DE ALGUMAS PALAVRAS – Auxiliares na construção de sua tarefa. Use SE QUISER!

SAUDADE
Liberdade
Sanidade
Prosperidade
Racionalidade
Ociosidade
Complexidade
Oportunidade

ALEGRIA
Euforia
Sabedoria
Teoria
Simetria

RECADO
acabado
acabrunhado
acastanhado
adequado
alternado
amanteigado
amarelado
amargurado

RETRATO
anonimato
aparato
artesanato
assassinato
barato
beato
boato
campeonato
candidato
chato

MÃO
abelhão
abolição
absolvição
adaptação
adesão

MOMENTO
acrescento
alimento
conhecimento
argumento
atento
aumento

AMOR
Temor
Sabor
Calor
Ardor
Frescor
Impor

SENTIDO
Agradecido
Falido
Comprido
Resolvido

Amortecido

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Volte sempre!

Volte sempre!

Pesquisar este blog

Minha estante de livros!