Miscelâneas do Eu

Expressar as ideais, registrar os pensamentos, sonhos, devaneios num pequeno e simplório blog desta escritora amadora que vos fala são as formas que encontrei para registrar a existência neste mundo.

Não cabe a mim julgar certo ou errado e sim, escrever o que sinto sobre o que me cerca.

A única coisa que não abro mão é do amor pelos seres humanos e incompreensão diante da capacidade de alguns serem cruéis com sua própria espécie.

Nana Pimentel

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

A procura dessa amizade


"Eu procurei pela vida teu sorriso, tua alma, teu ser, 
mas meus caminhos, sempre, que se aproximavam de onde você estava eram desviados. Meus passos seguiam para outras vias.
Numa noite, 
sem que percebesse o que estava acontecendo, 
encontrei-te em um lugar qualquer, 
em uma estrada florida de alegria.

Não acredito que nossas almas não tenham se satisfeito, 
pois sinto nossos espíritos se entrelaçarem na mais doce 
e sincera amizade de dois seres." 


* Fiz este pequeno poema para uma amiga que não vejo a alguns anos. 
Estávamos lagarteando ao sol em uma linda tarde de sábado na Redenção.
Saudades de tu Tangerine, Rita de Cássia Cavalcante.*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Volte sempre!

Volte sempre!

Pesquisar este blog

Minha estante de livros!